Header Ads

The Breadwinner


Por Letícia Alassë
Os traços gráficos e as pinceladas coloridas no papel muitas vezes contam histórias mais pesadas e reais do que poderíamos conceber em uma encenação entre seres humanos. Adaptado da obra infanto-juvenil, de Deborah Ellis, The Breadwinner (sem tradução oficial para o português - mas possui o sentido da pessoa que trabalha para sustentar a família, ou seja, o “ganha-pão” ) transporta para as telas a parte do mundo assolada pela ditadura islâmica, a qual o ocidente não quer ver e muito menos os espectadores.
Para nos lembrar que animação não é apenas para crianças e fazer as pessoas enxergarem essa história, a produção ganha cores fortes e traços simples, mas uma narrativa crescente e arrebatadora. O encanto da obra se deve à perspectiva da história, isto é, a narração se desencadeia pelo olhar de Parvana (Saara Chaudry), uma menina de 11 anos que cresce sob o regime do Talibã no Afeganistão no período de guerra em 2001.
 



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.