Header Ads

O quarto de Jack e de todos nós


Um drama protagonizado por uma mãe e com foco na compreensão do mundo (ou na construção dele) pela ótica de uma criança. Esse é o fio da história de O Quarto de Jack, película premiada, incluindo a estatueta do Oscar de Melhor Atriz entregue à intérprete de Joy (Brie Larson).

    Joy foi sequestrada e estuprada pelo Velho Nick (Sean Bridgers), que a mantém em cativeiro por sete anos junto de seu filho Jack (Jacob Tremblay), de cinco anos, numa história baseada no livro “Quarto”, livro da irlandesa Emma Donoghue (também roteirista do filme) que, para dar autenticidade ao romance, pesquisou sobre mães e filhos que vivem em prisões, refugiados e autistas.

    A relação mãe/filho, a busca pela liberdade (em qualquer forma, não apenas física), a inocência ao conhecer um velho mundo novo. Todos estes temas podem ser comuns na vida de qualquer pessoa. Cada um dentro de seu próprio quarto, imerso em seus medos e hesitações, tentativas e – nem sempre – êxito na busca de seus objetivos.
    “Aprendi muito sobre a força das mulheres e como o amor de uma mãe é feroz”, Brie Larson afirmou sobre a experiência de interpretar no filme. Um belo convite a sentir o amor dessa mãe.
  


Assista o trailer:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.