Header Ads

A última tentação de Cristo


Na véspera da Páscoa, o Cineclube Opiniões convida a todos a refletir sobre a religião cristã através de um filme ao mesmo tempo grandioso e polêmico: “A Última Tentação de Cristo”, de Martin Scorsese.

O longa-metragem que mostra o lado mortal de Jesus Cristo e o seu desejo de ser um homem mortal será exibido neste sábado (31), às 19h, na Assembleia Legislativa do Acre.

Baseado no romance homônimo de Níkos Kazantzákis, o longa faz uma releitura sobre os últimos meses de Jesus Cristo (Willem Dafoe) antes da crucificação. Mas, além das pregações e dos milagres, o filme retrata um personagem que é, ao mesmo tempo, humano e filho de Deus. Quais conflitos uma pessoa com essas duas naturezas tão conflitantes apresenta? É focando no lado mortal de Jesus, com todos os medos e angústias de alguém que carrega uma difícil missão, que o diretor desenvolve seu o filme.

Na história, o que importa é a luta interna de Jesus, contra todas as tentações da carne que o seu lado humano enfrenta: medo, dúvida, depressão, relutância e luxúria. Responsável por uma grande polêmica na época de seu lançamento, “A Última Tentação de Cristo” apresenta um Jesus repleto de fraquezas que não gostamos de associar ao Salvador. Talvez por isso, a revolta contra o filme. Mas longe de ser uma ofensa, o longa-metragem na verdade é uma reflexão sobre o verdadeiro significado do sacrifício que Jesus fez na cruz.

Veja o trailer:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.