Header Ads

Blackfish


Você mataria uma baleia?

Lançado em 2013, Blackfish (título brasileiro: “Blackfish: fúria animal”) é um documentário que prende nossa atenção. Bom seria se seu enredo fosse ficção. O filme conta a história da orca Tilikum (personagem principal), que esteve envolvida na morte de uma das treinadoras mais experientes do parque aquático SeaWorld, Dawn Brancheau. Mas, além dessa história trágica, e das várias outras relatadas, o documentário denuncia a exploração e escravização de animais aquáticos, com uma mensagem clara sobre a falta de limites na ambição e insensatez humanas.

Com imagens de captura no oceano, do cativeiro e treinamento desse grande animal, a gravação apresenta depoimentos de ex-treinadores desses mamíferos classificados popularmente como “baleias assassinas” - que, cientificamente, não são baleias, pois pertencem à família dos golfinhos. Dirigido pela cineasta Gabriela Cowperthwaite, o documentário é construído cronologicamente e vai revelando toda a situação de maus-tratos e o lado emocional, a dor desses animais presos em cativeiro.

Distante de fazer uma apologia à defesa ambientalista, a produção se concentra em registros audiovisuais de um famoso parque norte-americano situado na Flórida: o SeaWorld. Alternando cenas carinhosas e agressivas, a mensagem que insiste em martelar na cabeça durante e ao final é “por quê?”. Por que caçar animais e prendê-los, por que torturar baleias em um aquário se a profundeza dos oceanos lhes seria infindável, um mundo sem limites?

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.