Header Ads

RED HANDS

Audiovisual é uma coisa encantadora. E quando a fotografia em movimento se junta a música boa e uma ideia incrível, é realmente inspirador. Vem com a gente conhecer (ou rever, com um novo olhar) o trabalho incrível em clipe musical feito pelo jovem diretor Ellis Bahl, com a banda Walk Off The Earth. Antes de seguir lendo, você pode assistir ao clipe, pra gente poder se entender melhor, que tal? Clipe Original:


À primeira vista, o clipe da música Red Hands parece ser apenas um clipe muito bem realizado. Mas, na medida em que os frames vão passando ao som de uma boa música, você vai começando a pensar: “Nossa, mas esse clipe foi mesmo muito bem produzido, filmado e montado!”. Vou confessar, sou fã da banda. Fanzoca, seria a palavra certa. Mas deixe a suspeita de lado, e reflita sobre uma coisa: esse vídeo bonitinho que você assistiu foi gravado em plano sequência.


Mas como assim, gente? Então, senta aqui. Bora conversar. A ideia do clipe é uma daquelas que os diretores geniais têm. Primeiro ele decidiu gravar o clipe em um plano único e sair tentando até ficar perfeito. Só por isso, se ele obtivesse um bom plano sequência, o clipe já ficaria massa! Mas Bahl não parou por aí. Mais do que isso, a equipe que trabalhou na realização do projeto despedaçou toda a música, adicionou e tirou acordes, acelerou e desacelerou a melodia. A partir daí, o diretor e sua equipe fizeram um emaranhado que seria gravado em um único plano, contínuo. Making of/Behind the scenes:




Por que o diretor decidiu optar por esse processo, é algo que está além das minhas especulações. O certo é que a excentricidade dele o fez parir uma obra de mestre. A eficácia da direção é visível até mesmo nos cinco integrantes da banda, que executaram sua música toda retalhada e fora de ordem, em ritmos diferentes dos originais, em tomada única. (Eles arrasam até de trás pra frente!).


O diretor Ellis Bahl conta no vídeo de making of que eles filmaram aproximadamente oito vezes, e quando já estavam ficando sem luz solar, sem os adereços usados na filmagem, quando na última vez que seria possível filmar, conseguiram as imagens que precisavam, e as usaram nesse clipe maravilhoso. 


E o vídeo completo, sem edição, pra provar que isso é verdade? Tá aqui:




Agora, depois de ver o making of e a versão não editada, experimenta rever o vídeo original e descreva esse diretor em uma palavra.

Por Deyse Cruz

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.