Header Ads

O Grande Bazar

Talvez em termos de tamanho não possa se aplicar, mas em termos de diversidade em um pequeno espaço, tudo aconteceu de forma espetacular. Estou falando do Bazar que aconteceu no sábado (2) e teve seu inicio as 15h no Casarão, você não foi?



Então leia com atenção pois vou te contar um pouco do que aconteceu e nem seria metade da experiência de presenciar esse bazar. Falando assim até parece que foi o maior evento que a cidade já teve, mas eu tenho um apreço por bazares e lugares onde eu possa encontrar diversas culturas e coisas de uma só vez, e praticamente, esse era o lugar, você iria encontrar de tudo um pouco, desde comes e bebes a roupas e livros de diversos autores e temas, bijuterias, fotografias, caricaturas e até mesmo uma esquete teatral, tudo isso em um espaço em termos físicos não tão grande, mas em termos culturais, rico e enorme e não caberia em um armário!


O Bazar foi dedicado à Semana do Cinema Possível, para que pudéssemos arrecadar fundos, essa foi uma forma que achamos de interagir além das sessões de sábado na Filmoteca Acriana. Nós organizamos esse bazar com carinho para todos os públicos. A melhor sensação de estar lá é ver os olhares dos pedestres e como atração magnética, eles adentrarem o bazar e sentirem que podem ter um pouco de tudo dentro de suas mochilas e levar para suas casas um pedacinho de cada lugar com eles.


Compartilhar sorrisos, compartilhar experiências, um bazar parece ter tudo isso, em um lugar acolhedor, você não se sentiria perdido no meio, porque não é uma multidão de desconhecidos, mas sim, uma multidão de sonhadores, como nós do Cineclube Opiniões também sonhamos e realizamos e damos os nossos saltos de fé. 


Bom, o que posso dizer mais além de que saí com uma mochila cheia de bugigangas das mais elegantes e exóticas por preços tão acessíveis que parecia mentira, um lugar de comunhão e troca de conversas, O Grande Bazar, é como vou chamar essa realização de sábado.


Espero que na próxima, você que não participou desse, compareça, queremos sua presença e além do mais, precisamos de você, a Semanado Cinema Possível só é realmente possível, com a sua ajuda, vamô?





Texto: Victor Abugoche
Fotos: Alexandre Cruz Noronha

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.