Header Ads

Tomates Verdes Fritos


Relações afetivas, casal e família, terceira idade, auto suporte, preconceito, são temas do filme "Tomates Verdes Fritos", do diretor Jon Avnet.

Questões como a discriminação racial, a violência doméstica, a liberdade, a terceira idade, e a recuperação da auto-estima, são tratadas sem exageros mas com determinação. O filme aborda o preconceito de gênero de maneira bastante velada. Sábado, a partir das 19 horas, sessão do Cineclube Opiniões, na Filmoteca Acreana.

Evelyn é uma mulher de meia-idade, que atravessa uma crise em seu casamento e passa por um momento de transição em sua vida, isso explicita o estranhamento em relação a si mesma, muito comum nesta fase de vida, pois as mulheres podem apresentar dificuldades de lidar com as perdas inerentes a este momento de vida. A personalidade de Idgie, irreverente e corajosa, inspira Evelyn a olhar para as coisas de sua vida de uma nova maneira mais criativa.

Socialmente, a função da velhice é de lembrar e dar expressão às suas lembranças, sendo o papel da memória valorizado entre os mais velhos, pois suas lembranças constituem patrimônio coletivo, expresso e revivido permanentemente no contato com novas gerações. Durante o filme fica evidente a importância deste papel social, vemos mudanças significativas que ocorreram nas atitudes de Evelyn, em relação ao seu casamento, às pessoas e a si mesma.


PORTANTO, NÃO SE ESQUEÇA!

QUANDO:
Dia 05 de novembro (Sábado)

ONDE:
Filmoteca Acreana (Biblioteca Pública)

HORAS: 19 HORAS!

TRAILER:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.