Header Ads

Não por acaso


Ênio e Pedro têm mais em comum do que imaginam. Enquanto Ênio é um controlador vigilante dos semáforos da companhia de engenharia de transito de São Paulo que opera com igual disciplina em qualquer evento estranho em sua vida, Pedro é um calculista fabricante de mesas de sinuca, que estuda com antecedências suas jogadas da mesma forma que faz com sua vida amorosa. Ambos regem suas vidas metodicamente, da mesma forma que fazem com seus trabalhos.


Mas é o acaso que irá mudar a vida desses dois personagens através de um acidente de transito envolvendo Teresa e Monica. Teresa é a namorada de Pedro, já Monica é a ex-esposa de Ênio que recentemente revelou a existência de Bia, a filha de 16 anos do casal. Seis meses depois do acidente que mata as duas personagens, Ênio conhece Bia e Pedro vai visitar o antigo apartamento de Teresa, onde conhece Lúcia. 

O filme brasileiro é dirigido pelo carioca (que mora há dez anos na capital paulista) Philippe Barcinski famoso por curtas-metragens como Janela Aberta e Palíndromo. Ele apresenta um longa cheio de simbolismos, com uma bela fotografia e um enredo que surpreendeu os críticos no ano em que foi lançado, em 2007. Mais do que contar a história desses diversos personagens, com seus medos e angustia diante da falta de regras da vida, Não Por Acaso apresenta São Paulo com um olhar de quem observa a cidade sem indiferença, enxergando nela a beleza do caos em meio à previsibilidade do cotidiano.

Não Por Acaso será exibido neste sábado na Filmoteca Acreana (na Biblioteca Pública) pelo Cineclube Opiniões.

PORTANTO, NÃO SE ESQUEÇA!

QUANDO: Dia 08 de outubro (sábado)

ONDE: Filmoteca Acreana (Anexo Biblioteca Pública)

HORAS: 19 Horas!

TRAILER:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.