Header Ads

A Máquina: o Amor é o Combustível


E neste sábado, 24, Cineclube Opiniões, faz a segunda estreia do curta metragem “A Pele dos Outros”, dirigido pelo cineclubista, Teddy Falcão. Logo em seguida exibição e discussão do longa “A Máquina: o Amor é o combustível” filme de João Falcão.


A Máquina: o Amor é o Combustível conta a história de Nordestina, uma cidadezinha do interior pernambucano, Antônio ama Karina, que deseja ir embora na besta pro Rio e tentar carreira de atriz, para evitar que ela faça isso, ele resolve ir até na televisão e num programa que lembra muito João Cléber (até o visual de Wagner Moura ficou parecido), Antônio "vende" sua alma para o público - na busca da audiência de programas sensacionalistas - ao dizer que vai viajar ao futuro e retornar, caso não aconteça ele morrerá por uma máquina de centenas de lâminas afiadas. Autran é Antônio velho, vivendo num manicômio e conta essa história sobre o tempo e o amor para seus colegas.

O romance é uma denúncia social que revela em forma de poesia e prosa a realidade daqueles que saem dos seus lares para tentar a sorte nos grandes centros urbanos. Além, disso aborda também o progresso tecnológico enfatizando o uso maciço uso da mídia como instrumento de poder (Tv, antenas parabólicas, canais de TV). A forma como tais assuntos são tratados é surpreendente, pois de uma maneira bastante sutil nos faz refletir que o ser humano vive para tornar reais seus sonhos.

O que também nos chama a atenção é o fato de que o filme consegue prender a atenção por apresentar de forma descontraída temas como: amor, perspectiva de vida, desigualdade social e a persistência.

PORTANTO, NÃO SE ESQUEÇA!

QUANDO: Dia 24 de setembro (Sábado)

ONDE: Filmoteca Acreana (Anexo Biblioteca Pública)

HORAS:
19 HORAS

TRAILER:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.