Header Ads

Quanto vale ou é por quilo?


Quanto vale um ser humano? Essa é uma das várias perguntas que surgem na sua cabeça durante o longa brasileiro “Quanto vale ou é por quilo?” que será exibido no Cineclube Opiniões neste sábado, 02, na Filmoteca Acriana (Biblioteca Pública do Acre).


O filme de Sérgio Bianchi inspirado em um conto “Pai contra Mãe”, de Machado de Assis, faz um paralelo da situação dos escravos na época colonial e a miséria social nos dias atuais, mostrando que muita coisa ainda não mudou, ao mesmo tempo que faz um forte critica as ONGs sociais.

Mas se por um lado o filme afirma que há reminiscências que nos são constitutivas, também abarca sua incorporação e complexificação nos dias atuais: a miséria ou a prisão como economicamente rentáveis e geradoras de emprego, a solidariedade como empresa ou até mesmo a denúncia como um negócio.

No atual jogo "democrático" e de "participação" da sociedade civil em prol de demandas não atendidas pelo Estado, as ongs - ou o terceiro setor, como se convencionou chamar - aparecem no filme funcionando como empresa, incorporando seu discurso típico e objetivando, enfim, o lucro.


PORTANTO, NÃO SE ESQUEÇA!


QUANDO:
Dia 02 de julho 2011 (Sábado)

ONDE: Filmoteca Acriana (Biblioteca Pública)

HORAS: 19 horas!

QUANTO: O quanto você quiser!

TRAILER:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.